APRESENTAÇÃO E BREVE HISTÓRICO

A programação do ENCAC/ELACAC engloba também a VIII Bienal “José Miguel Aroztegui” (Concurso Estudantil Ibero-Americano de Arquitetura Bioclimática), proporcionando, juntamente com os outros eventos simultâneos, uma excelente oportunidade para todos os profissionais, professores, pesquisadores, técnicos e estudantes interessados no Meio Ambiente, aprenderem, ensinarem, trocarem idéias e contribuirem para impulsionar ainda mais o grande crescimento observado recentemente nessa área de conhecimento, principalmente na América Latina.

Em 1999, foi instituída a Bienal "José Miguel Aroztegui", como evento periódico e simultâneo aos Encontros Nacionais. Nesta edição será realizada a VIII Bienal cujo tema, definido através de votação pela comunidade do GT de Conforto Ambiental e Eficiência Energética da ANTAC , é “Bibliotecas”.

O objetivo da Bienal é promover e incentivar a incorporação das técnicas bioclimáticas na construção do habitat humano, visando otimizar sua qualidade ambiental e sua eficiência energética por meio do uso privilegiado de recursos naturais renováveis.

O público-alvo da Bienal é de estudantes de qualquer curso de graduação relacionado ao ambiente construído e oferecido por alguma instituição latino-americana de ensino superior.

Arquitetura Bioclimática é aquela em que a qualidade ambiental e a eficiência energética são obtidas por meio do aproveitamento racional dos recursos da natureza, de modo a contribuir com o equilíbrio do ecossistema no qual está inserida. Suas principais características são:

- Adequação do espaço construído ao meio climático e às necessidades humanas.
- Racionalização do consumo de energia.
- Conforto ambiental proporcionado pelo uso otimizado de recursos renováveis.

Os temas desenvolvidos nas Bienais anteriores, bem como o número de projetos concorrentes são apresentados a seguir:

Bienal José Miguel Aroztegui

Tema 

Trabalhos Enviados 

I Bienal – 1999

Habitação de Interesse Social

41 projetos, 17 escolas, 8 países

II Bienal – 2001

Arquitetura Bioclimática Escolar

73 projetos, 7 países

III Bienal – 2003

Centro de Comércio e Serviços

65 projetos, 50 escolas, 7 países

IV Bienal – 2005

Edifício Bioclimático para Hospedagem

51 projetos, 5 países

V Bienal –  2007

Habitação Multifamiliar Bioclimática

41 projetos, 2 países

VI Bienal – 2009

Centro Cultural

-

VII Bienal – 2011

Habitação Multifamiliar

-

VIII Bienal – 2013

Biblioteca[U1] 

-

   rodape artigo